Hora Certa

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Dia para adotar!



Amor! Essa é palavra que define com exatidão o amor que esses animais tem expresso nom olhar.
No dia 4 de outubro é considerado o Dia Nacional de adotar um animal. Então mãos a obra, eles podem mudar a vida de uma pessoas, afinal são anjos!

sábado, 27 de setembro de 2008

Uma tarde especial!


Hoje à tarde eu e o Júlio, acompanhados do André Tajes, da Glenda e da pequena Duda (uma fofinha linda) fomos a Garibaldi assistir a palestra do Caco Barcellos. Assistimos e ficamos ainda mais fãs deste admirável jornalista. Estou louca pra comprar o último livro dele "Abusado", onde ele fala da realidade das favelas brasileiras.
Depois de cumprir com o lado profissional (matéria e fotos) tietamos um pouco e voltamos pra Bento. Eu com um sentimento de alívio, afinal ainda existem seres humanos dignos de respeito.

Na próxima edição do SerraNossa sai uma matéria completa com ele.

Formas de interpretar uma notícia! Muito intessante.


Minha colega Mari certa vez me enviou o texto abaixo. São as diferentes formas de divulgar a mesma notícia. Cada profissional tem seu ponto de vista e cada veículo, segue uma linha editorial.

"Vale a pena ler, é muito divertido, trata-se da divulgação da estorinha de Chaeuzinho Vermelho!", disse a Mari.

Vale mesmo gente!


JORNAL NACIONAL
(William Bonner): "Boa noite. Uma menina chegou a ser devorada por um lobo na noite de ontem...".
(Fátima Bernardes): "... mas a atuação de um caçador evitou uma tragédia".

PROGRAMA DA HEBE
(Hebe Camargo): "... que gracinha gente. Vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um
lobo, não é mesmo?"

BRASIL URGENTE
(Datena): "... onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades? Cadê as autoridades? ! A menina ia para a casa da vovozinha a pé! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva... Um lobo, um lobo safado. Põe na tela!! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo, não."

REVISTA VEJA
Lula sabia das intenções do lobo.

REVISTA CLÁUDIA
Como chegar à casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho.

REVISTA NOVA
Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama.

FOLHA DE S. PAULO
Legenda da foto: "Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador". Na matéria, box com um zoólogo explicando os hábitos dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Chapeuzinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.

O ESTADO DE S. PAULO
Lobo que devorou Chapeuzinho seria filiado ao PT.

O GLOBO
Petrobrás apóia ONG do lenhador ligado ao PT que matou um lobo pra salvar menor de idade carente.

ZERO HORA
Avó de Chapeuzinho nasceu no RS.

AGORA
Sangue e tragédia na casa da vovó

REVISTA CARAS
(Ensaio fotográfico com Chapeuzinho na semana seguinte) Na banheira de hidromassagem, Chapeuzinho fala a CARAS: "Até ser
devorada,eu não dava valor para muitas coisas da vida. Hoje sou outra pessoa"

PLAYBOY
(Ensaio fotográfico no mês seguinte). Veja o que só o lobo viu.

REVISTA ISTO É
Gravações revelam que lobo foi assessor de político influente.

G MAGAZINE
(Ensaio fotográfico com lenhador). Lenhador mostra o machado

SUPER INTERESSANTE
Lobo mau! mito ou verdade ?

DISCOVERY CHANNEL
Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Feira do Livro de Garibaldi - em todos os pensamentos




A visitação tem sido intensa, assim como a programação que envolve dança, teatro, shows, lançamentos, palestras e oficinas literárias. “A presença da comunidade é importante para o fortalecimento da literatura em Garibaldi”. A afirmação é da Secretária de Educação Adriana Giardin Splajt que também ressaltou como um dos pontos positivos a volta da feira ao ar livre. “Era uma reivindicação da população e está dando resultado. O movimento é bem maior”, disse.
Os livreiros presentes estão satisfeitos com as vendas. “Os clássicos infantis, biografias e romances estão entre os mais procurados”, afirmou Miriani da Cunha Flores, da Livraria “Recanto das Letras”, de Porto Alegre. A participação das crianças é um dos fatores positivos que também está marcando a feira de Garibaldi. Luis Eduardo, de 5 anos estava radiante um livro sobre carrinhos. “Quero que ele se interesse pela leitura desde cedo”, declarou a mãe Juceli Kurek.
Para o escritor Fabrício Carpinejar, homenageado desta edição, o evento é uma das formas mais eficientes de despertar o interesse pela leitura.
Na tarde deste sábado, dia 27, o Jornalista Caco Barcelos estará em Garibaldi onde abordará os mais diversos assuntos, como a situação atual do Brasil. O local da conversa será o Clube 31 de Outubro, a partir das 14horas.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

Que coisa mais linda!


Três filhotes de tigre ganharam uma mãe adotiva diferente depois que a mãe biológica os abandonou. Eles estão sendo alimentados por uma porca, em uma fazenda no sul da Ucrânia.
Os filhotes genuínos da porca, no entanto, não gostaram da companhia dos irmãos adotivos. "Eles correm em direção aos tigres e os empurram e, quando coloco a mão para protegê-los, os leitões começam a me morder", conta a fazendeira Maria Manjeli.
A mãe dos filhotes de tigre vive em um zoológico perto da fazenda.
O diretor do parque defendeu a falta de instinto materno da tigresa, explicando que ela nasceu no zoológico e não tem nenhuma experiência da vida na natureza.

domingo, 21 de setembro de 2008

Ingredientes para um domingo perfeito


Uma chuvinha fina pela manhã anunciava um domingo cinzento, daqueles ideais para ficar na cama. Bom! Mas não pra nós que temos a Pink e a Beth Boop, essas duas acordam cedinho e vão logo fazendo fuzarca. Resultado: levantamos. Fiz um belo chimarrão (um hábito que eu e o Júlio adoramos) e ficamos até tarde saboreando aquele amargo, como diria o bom gaúcho. Depois o Júlio foi no mercado comprar ingredientes para uma lasanha. Rapidinho ela ficou pronta. Acompanhada de um bom vinho ficou melhor ainda. Depois um barrinha de chocolate e soninho. Agora o Júlio tá assistindo o jogo do Grêmio e de vez em quando dá uma olhada no que estou escrevendo. A Beth Boop também é curiosa (como dá pra perceber pela foto acima). A Pink? Bom! Vocês não vão acreditar mas ela achou uma cueca velha e resolveu brincar.
Quando eu terminar de escrever aqui vou fazer um chimarrão e assistir (arg) o final do jogo do Grêmio, claro que torcendo pelo Inter que também tá jogando. À noite quero assistir o filme sobre Beethovem, é emocionante.
Um dia simples, mas que não trocaria por nada nesse mundo. O motivo? Passei ao lado do meu amor querido e das minhas filhas lindas. Não pode existir ingredientes melhores que esses para estar em paz e ter alegria para começar uma semana cheia de energia. Aliás, terça-feira vou para a Feira do Livro de Garibaldi, conto tudo depois. Vou entrevistar o Caco Barcelos no sábado (Uhu!!!!!!).

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Primavera de todas as cores

tirei essas fotos em tempos diferentes. Elas traduzem um pouco de como estou vendo a chegada dessa estação que amo. Duas delas estão em reportagem do SerraNossa.








A primavera chega oficialmente na próxima quinta-feira, dia 22, precisamente às 12h 44min Em Bento Gonçalves o perfume no ar deixa evidente a presença da estação das flores.

Nas praças e canteiros são cultivadas as mais diversas espécies, dando um colorido todo especial para a cidade. “A primavera é uma estação encantadora, que traz alegria e beleza para nossos dias”, observou a dona de casa Betina D’Conti, de 52 anos.
As flores também fazer parte da renda familiar de várias famílias do interior de Bento Gonçalves, especificamente em Pinto Bandeira. A Feira das Flores é o ponto alto da comercialização que acontece sempre no dia 1º de novembro, véspera do Dia de Finados. De acordo com Fabiane Nunes, coordenadora municipal de feiras, a edição deste ano será num sábado, mesmo dia que acontece a tradicional Feira Livre. “Como as feiras coincidiram, será necessário definirmos o que ficará melhor, se unirmos as duas ou optarmos por uma. A decisão será dos produtores”, explicou.
O objetivo da Feira das Flores, segundo ela é incentivar a produção de corte pelo pequeno agricultor local. “Eles trabalham com dedicação o ano inteiro e é mais uma renda que entra para essas famílias”, ressaltou.
Em 2007 foram comercializados 2.640 molhos das espécies Copo de Leite, Mosquitinho, Palma, Statice, Verdes e Trigo, além de 4.040 unidades de flores. Participaram da última edição seis famílias de agricultores. O evento é promovido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento da Agricultura. A feira acontece na Rua Marechal Floriano, ao lado da Praça Walter Galassi, no centro, entre 6h e 15h, ou até acabarem os estoques.


Espécies cultivadas em Bento
Copo de Leite, Mosquitinho, Palma, Margaridas, Statice, Cravina, Cravos, Verdes e Trigo.


Praças e canteiros:
Bento Gonçalves possui 33 praças na zona urbana e rural. Anualmente são plantadas aproximadamente 150.000 mudas de flores. O plantio é realizado geralmente no início do verão e no início do inverno. De acordo com Rui Berto, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e responsável pelo ajardinamento, está sendo feita a limpeza de canteiros para o plantio das espécies de verão. “Vamos antecipar o plantio em um mês, deixaremos somente a boca-de-leão e alguns canteiros de amor-perfeito”, explicou. As chuvas fortes fizeram com que o iço tomasse conta dos canteiros prejudicando as flores. Rui destacou que as espécies cultivadas para o verão são: tagetes, sálvia (alegria de jardim), begônias e petúnias e flor de mel.

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Atrizes abraçam campanha "Eu Tenho Celulite"



Celebridades como Samara Felippo, Fernanda Souza, Ellen Roche, Nathália Rodrigues e Dani Valente não se intimidam e aderem a campanha “ Eu Tenho Celulite”, promovida pela Revista Nova, com o apoio da L’Oreal e Vichy. Ivete Sangalo, Grazi Massafera, Juliana Paes, Carol Castro e Preta Gil também falaram com naturalidade sobre o assunto e apoiaram a campanha.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, 99% das mulheres têm ou terão celulite.
Essa campanha é muito legal, assim param com aquela frescura de mulheres perfeitas na Playboy. O pior é que tem gente que acredita que a mulherada não recebe o santo auxilio do Photoshop. Tá bom!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Ler: para se envolver basta começar


Legenda: Gustavo, de 11 anos, gosta de ler e acredita assim estará ganhando conhecimento e cultura


Mais de 3.500 livros são emprestados pela Biblioteca Pública. A venda também cresceu em Bento e região

Ler é viajar sem sair do lugar: esse é uma das frases mais usadas por aqueles que são apaixonados pela leitura. Uma das maiores dificuldades encontradas pelos leitores é o preço dos livros, nem sempre acessível. Mas mesmo assim é cada vez maior o número de pessoas voltadas para o mundo da literatura.

A prova, em Bento Gonçalves e região, de que existe uma maior procura pelos livros é o número de empréstimos na Biblioteca Pública Castro Alves. De acordo com as auxiliares de biblioteca Maria do Carmo e Marlene, são mais de 3.500 títulos retirados por mês. “Os mais solicitados são os romances, auto-ajuda e lançamentos”, disseram.
Enquanto conversava com as servidoras, Gustavo Fonasier, de 11 anos, estava radiante ao fazer sua carteira de sócio. “É a de número 7.042”, salientou Maria. O menino, morador de Pinto Bandeira, adora ler e herdou essa paixão da mãe Helena Brum. “Ele gosta de revista, jornais e livros. É um orgulho para nós, sabemos que assim é está adquirindo conhecimento”, frisou. Gustavo não escondia sua felicidade quando foi para a Biblioteca Infanto-Juvenil. “Nem sei o que vou levar, mas tenho certeza que a partir de agora vou ler muito mais”, afirmou.
A boa surpresa veio da coordenadora da biblioteca infanto-juvenil, Michelini Zeni. “É cada vez maior o número de crianças e adolescentes procurando livros”, destacou.
Os empréstimos aumentam todos os dias. Mas é as vendas de livros também segue essa mesma tendência. Segundo a empresária do setor, Sandra Faggion, os bento-gonçalvenses estão lendo mais: “Tenho notado isso há algum tempo. Minhas vendas aumentaram consideravelmente”, disse. Mesmo com o alto custo do livro, as pessoas estão investindo mais em livros. Ela destacou que os lançamentos estão sendo constante, o que contribui para esse bom momento. Paulo Coelho, Laurentino Gomes, Marta Medeiros, Zibia Gaspareto, Augusto Cury e Lya Luft estão entre os mais procurados na Capital do Vinho.



Os mais locados na Biblioteca Pública

Caçador de Pipas, de Khaled Hosseini
A Menina que Roubava Livros, de Markus Zusak
Quando Nietzsche chorou, de Irvin D Yalom
Violetas na Janela, de Vera Lucia Carvalho
O Segredo, de Rhonda Byrne
Segredo de Luiza, de Fernando Dolabela
Crepúsculo, de Stephenie Meyer
A Cidade do Sol, Khaled Hosseini
Marley e Eu, de John Grogan
As Memórias do Livro, de Geraldine Brooks

Os autores mais procurados pelos adultos
Paulo Coelho, Augusto Cury, Nora Roberts, Zíbia Gasparetto, Machado de Assis, Lya Luft, Marta Medeiros, Khaled Hosseini, Markus Zusak, Airton Ortiz.

Infanto-Juvenil (Livros)
Tudo sobre meninas, de Claudia Felicio
Os Seis Signos da Luz, de Susan Cooper
Capitão Cueca, de Dav Pilkey
Ah, Eca! de Joy Masoff
1808, de Laurentino Gomes (juvenil)
Como sobreviver ao primeiro beijo, de Francine Oomer
Clássicos Infantis (Romeu e Julieta)
Autores mais procurados
Mário Quintana, Sérgio Klein, Talita Rebouças, Pedro Bandeira, Claudia Felício



Os mais vendidos

Doidas e santas, de Martha Medeiros
O Segredo dos Amantes, Lya Luft
O Mago, Fernando Morais
1808, de Laurentino Gomes
O vencedor está só, de Paulo Coelho
O vendedor de sonhos, de Augusto Cury
Guardião de Memórias, de Kim Edwards
Histórias de Mulher, de Rosa Montero

terça-feira, 16 de setembro de 2008

Misterioso Jesus Cristo


Uma reportagem da Revista Galileu escrita pelo jornalista Reinaldo José Lopes, indica novas descobertas sobre Jesus Cristo.

Acompanhe abaixo alguns trechos:

É um bocado irônico que o personagem mais influente da História também seja um dos mais misteriosos. Jesus de Nazaré não tem data de nascimento ou morte registrada com segurança (embora seja possível estimá-las com margem de erro de dois ou três anos). Não deixou nada escrito de próprio punho (há até quem argumente que ele provavelmente era analfabeto). Não restou um único artefato do qual se possa dizer com certeza que pertenceu a ele. Os relatos de seus seguidores, escritos entre duas e seis décadas após a morte na cruz, falam com riqueza de detalhes de um período curtíssimo de sua vida adulta, elencando seus atos e ensinamentos, mas nos deixam no escuro sobre a maior parte de sua infância e adolescência, suas angústias pessoais e seu relacionamento com amigos e familiares.
A situação pode soar desesperadora ao extremo para um historiador que, sem recorrer à fé cristã, queira reconstruir a vida e a mensagem desse judeu singular. Mas a situação é menos complicada do que parece. Por um lado, é preciso reconhecer que os Evangelhos, principais narrativas sobre Jesus na Bíblia cristã, não são livros históricos no sentido moderno do termo. "Os Evangelhos são uma combinação de elementos históricos e interpretações feitas posteriormente no âmbito das comunidades cristãs", afirma o padre Léo Zeno Konzen, coordenador do curso de teologia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (RS).
O chamado Jesus histórico é uma figura humilde, que coloca sua mensagem - o anúncio da chegada do Reino de Deus - acima de qualquer preocupação com sua própria importância. Não se comporta como uma entidade superpoderosa ou onisciente. E coloca em primeiro lugar a história e o destino do povo de Israel, ao qual pertence. É um Jesus que pode ajudar os cristãos a repensarem a origem de sua própria fé - mas dificilmente é uma ameaça a ela, a menos que se acredite que todo versículo dos Evangelhos é verdade literal, como se fosse um filme do que aconteceu no ano 30 d.C.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Sandália de salto? Será?




Para a grande maioria das mulheres a resposta seria simples e direta: sandália de salto alto sim! Mas para mim não é tão simples assim. Amo andar de tênis, rasteiras e sapatilhas, ou seja bem pertinho do chão. Sou uma fá incondicional de All Star. Talvez seja por isso que quando falei em comprar uma sandália de salto o júlio disparou: "acho que tu não vai conseguir usar".
Fiquei na dúvida, mas confesso que não resisti e comprei uma sandália linda (tá certo que o salto é plataforma) mas enfim é bem altinha. Assim para não perder o hábito comprei também uma sapatilha.
Não sou consumista e gosto de andar bem a vontade, sem seguir modismo, mas confesso que estou fascinada com o que estou vendo nas vitrines de Bento. Coisas lindas! E as vezes é preciso sair do habitual, afinal rotina é muito chato. Mas uma coisa é certa: no máximo, compro mais uma sandália de salto.


Logo logo vou fazer uma reportagem sobre tendências 2008/2009 ( roupas, calçados, cabelos e cores) e postar aqui para vocês!

domingo, 14 de setembro de 2008

Parabéns Caio pelos 60 anos! pena que não está fisicamente entre nós!




Eu teria milhões de coisas para te dizer, mas vou simplesmente dizer: obrigada!

Um dos primeiros textos que escrevi a você (2000).

Espírito de Caio

Deixe-me ficar aqui, deixe que a chuva caia sobre meu corpo curvado diante da noite bordada de estrelas. Deixe que a água molhe meus cabelos, sedentos de uma mão carinhosa. Não ligue se meus olhos estão chorando, deixe que as lágrimas caiam, elas estão lavando meu coração cheio de incertezas. Deixe-me olhar teu rosto, sim és tão lindo. Deixe-me cair em teus braços, preciso sentir teu abraço carinhoso e meigo.
Teu abraço é tão amigo, tão protetor, é terno seu amor. Agora segure minha mão, veja estou tremendo, mas não ligue, é pura emoção... Está ouvindo os pingos caírem abafados nas pedras da calçada. Veja como correm juntos com nossas lágrimas. Elas levam nossas dores Caio. Dor? Sim quanta dor sentiu, dor de amor, saudade, rejeição, preconceito, dúvida profunda, física...
Não quero que lembre de teus Morangos Mofados Fernando, quero apenas que fique ao meu lado nesse momento de magia e saudade. Estás com frio? Chegue mais perto, vamos unir nossas energias. Isso fique assim, encoste seu rosto no meu. Ouça Caio, o canto suave da brisa noturna, que coisas lindas posso ouvir, ela é companheira dos tristes, dos solitários, dos apaixonados, nesse momento sinto um amor sem igual, um amor de filha de um Deus Poeta. Não chore Abreu, tu mereces o amor do mundo inteiro...
Vamos caminhar um pouco pelas ruas dessa cidade solitária esquecida de nós. Dê-me sua mão, veja a Praça, está bonita não é? A cidade cresceu, tem até calçadão, universidade...
Aquele prédio? Não ligue para aquele prédio em ruínas, é o Cine Neno, não fique triste Caio, acho que ele gosta de ficar ali todo feio, vai ver que é morango mofado. Por que ri? Sim eu sei que também achas. Tua casa está modificada não é mesmo? Mas ele, teu vizinho está lá como antes, um eterno Oracy.
Cansado, sim você deve estar cansado. Então vá com as estrelas, sei que um dia irei a teu encontro. Veja Caio aquele homem pensativo lá adiante. Sabe o que ele me disse um dia? “Você tem espírito de Caio”.
Acho que ele leu teu olhar um dia, leu o meu ontem e se ele quiser vai ver que outros olhares carregam o espírito de Caio Fernando Abreu em busca do Caminho de Mel e Girassóis.

sábado, 13 de setembro de 2008

Para imitar: pastas de laptop muito fofas









Cansou da velha pasta para laptop preta e sem graça? Que tal uma de pelúcia com cara de monstrinho? Ou de lona com desenho de sorvete? O site Barry's Farm criou vários modelos, com preços que vão de US$ 35 a US$ 65 (ou de R$ 70 a R$ 130).

Dica Chic: como, infelizmente, não há entrega no Brasil, os mimos servem de inspiração para você ir à costureira mais próxima e mandar fazer uma com sua cara!

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Pintura de Nossa Senhora reaparece


Imagem de Nossa Senhora encontrada na Igreja Santo Antônio


Na edição desta sexta-feira, dia 12 o Jornal Serra Nossa está com inúmeras reportagens interessantes. Tem assuntos para todos os gostos e necessidades. Política, esporte, economia, geral, cultura, entretenimento, notícias da região, segurança e muito mais. Hoje a tarde durante a reunião de pauta conversamos bastante e acredito que muitas novidades virão por aí. Nossa turma, apesar do cansaço, estava animada e logo logo vamos virar protagonistas de muitas histórias. Eu, o Tomaz, a Andi e a Carol teremos muito o que contar. Curiosos? Hum, terão que esperar até janeiro para descobrir.

Um dos assuntos que abordei desta edição foi a descoberta de uma pintura de Nossa Senhora, durante o trabalho de restauro da Igreja Santo Antônio. A imagem é de 1912, e é de autoria do pintor italiano Paolo Balestreri. Para o Padre Izidoro Bigolin foi uma surpresa. E pelas palavras de um dos restauradores, outras imagens podem surgir no decorrer do trabalho, que deve ser concluído daqui há um ano.
O santuário é um dos patrimônios históricos de Bento Gonaçalves e está sendo restaurado em toda sua estrutura. Empresas, entidades e comunidade estão ajudando com doações. O restauro é serviço lento, preciso e muito caro, afinal é o projeto original que volta.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

O casamento do ano



Uma das mulher mais belas mulheres da televisão brasileira casou na última terça-feira: Juliana Paes. A revista QUEM, que chegou às bancas nesta quinta-feira (11), traz todos os detalhes do que rolou no casamento da bela com o empresário Carlos Eduardo Baptista, realizado no Golf Clube, no Rio. Da chegada dos convidados à emoção da noiva, todos os lances foram acompanhados pela reportagem.

Juliana Paes entrou de braço dado com o pai, Carlos Henrique Paes Cruz, às 20h37, ao som de “Nella Fantasia”, e não conseguiu conter a emoção. Mesmo com o véu, era possível ver as lágrimas da noiva.

A cerimônia ecumênica presidida pelo pastor Luiz Longuini foi marcada pelo clima brincalhão. Ele usou um conto de José Saramago sobre uma aldeia de sua infância em que toda a vida era permeada pelo badalar de sinos. “Ouvir o sino interior é a grande lição da vida. Com certeza, vocês ouviram o sino quando se conheceram”, disse ele, que fez Juliana rir e chorar ao mesmo tempo.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Já imaginou se a moda pega?



A artista japonesa Nagi Yoda utilizou perucas e apliques em ensaio fotográfico. Batizada de 'Hair Hats', a série é composta por 15 penteados diferentes, feitos com a ajuda de apliques e perucas. Parte dos bichos, no entanto, foi composta com o próprio cabelo das modelos. Algumas poses exigiram mais de um dia de trabalho no cabeleireiro. Bonito é, mas nem pensar em sair desfilando as madeixas com tais esculturas.

Veja alguns dos bichos de 'zoológico' feito apenas com cabelo.

Amor maior!




Em Bento Gonçalves existe uma entidade séria chamada Associação Voluntária Protetora dos Animais (APABG). Falarei dela (detalhes) em outras postagens. Agora dêem uma olhada nos cartazes abaixo, quem sabe você se apaixona por um desses anjos peludos, que estão à espera de adoção.

sábado, 6 de setembro de 2008

Frio e cores


Essa foto tirei num dia de muito frio e geada. Uma mistura de cores!!!!

Nossa! O frio está de arrepiar, ideal para ficar aconchegado em casa e pertinho daqueles que amamos. Eu organizei algumas coisas em casa. Ontem compramos algumas coisinhas essenciais para a casa e hoje coloquei tudo em ordem. O Júlio e as meninas aproveitaram a tarde para ficar debaixo das cobertas. Coisa boa!
Depois fizemos a famosa pipoca de microondas (uma delícia!!!!!!) com um cafezinho passado na hora e mais tarde saboreamos aquele chimarrão que tanto gostamos. É bom demais viver assim!

Sabe que hoje tava dando uma olhada nas paredes da casa e tive idéias de pintura. Uma corzinha sempre faz bem. Aí fui dar uma investigada nos significados de cada uma e adorei. Vou listar para vocês, quem sabe vocês também resolvam dar uma mudadinha na sala, cozinha, quarto...


Vermelho e laranja elevam os ânimos, amarelo favorece o otimismo, azul pacifica quem está com os nervos à flor da pele, violeta traz o divino pra perto da gente...

PARA PINTAR AS PAREDES:
AMARELO: aciona a capacidade intelectual, sendo indicada para os ambientes onde se pretende estimular a comunicação. Ajuda também a clarear as idéias e está associado à flexibilidade e à boa sorte. Aumenta o aconchego, principalmente em locais onde não há luz natural.
AZUL: tem função terapêutica equilibradora, por isso é muito indicado para quartos de crianças e adultos hiperativos, além de banheiros e lavabos. É a cor da purificação, a única capaz de desintegrar as energias negativas. Favorece a inspiração, a amabilidade, a paciência e a serenidade.
VIOLETA: repousante deve ser utilizada, de preferência, em ambientes muito luminosos. Se usada em excesso, pode levar à dispersão, por isso o ideal é diluí-la com o branco, até conseguir um tom quase azulado. Estimula a intuição e a espiritualidade. Tem influência nas emoções e humores.
VERDE: traz às pessoas uma sensação de paz, portanto é indicada para todos os ambientes da casa. Representa esperança, abundância e equilíbrio. Tem o poder de desvendar mistérios. BRANCO: representa a perfeição e o amor divino, estimulando a humildade e a imaginação criativa. Ótimo para qualquer ambiente cria uma atmosfera de tranqüilidade, por isso não pode faltar. Mas é bom mesclá-lo com outras cores para não criar um ambiente frio e hostil. VERMELHO: ajuda a levantar o ânimo, simboliza a aproximação e o encontro entre as pessoas, porém, muito cuidado: o exagero pode estimular reações agressivas. Quando diluído em branco, torna os ambientes agradáveis, fazendo com que as pessoas queiram passar muito tempo neles.

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Que bom se ele estivesse vivo


Fico imaginando o que Caio diria e sentiria ao assistir o filme "Onde Andará Dulce Veiga", baseado em uma de suas obras. Pelo que já vi em fotos e li, parece que ele é fiel ao livro. Forte, despudorado, emocionante, apaixonante. A fascinante história de Dulce Veiga, com um pano de fundo que só Caio poderia descrever.

Acredito que esse será dos presentes para meu querido mestre que estaria completando 60 anos no dia 12 de setembro.
E sei que ele tá vendo tudo isso: nessas horas ele deve rir e chorar diante de olhares interrogativos, afinal quem um dia irá entender esse misto de anjo-demônio-homem-mulher-feio-bonito-generoso-egoísta. Talvez a Dulce. Quem sabe!

Sinopse
Dulce Veiga (Maitê Proença) é uma atriz e cantora que fez sucesso durante um curto período de tempo e que desapareceu misteriosamente. Caio (Eriberto Leão), um escritor que trabalha como jornalista de variedades, ao entrevistar a jovem cantora Márcia (Carolina Dickman) descobre que ela é filha de Dulce Veiga, de quem era fã. Caio publica uma crônica no jornal em que trabalha contando suas lembranças de Dulce Veiga, o que gera uma enorme repercussão. A esquecida cantora é relembrada e todos querem saber seu destino. Paralelamente o jornalista fica cada vez mais obcecado pela personalidade da filha de Dulce, que é uma bela garota com trejeitos de homem.

Elenco
Maitê Proença (Dulce Veiga)
Carolina Dieckman (Márcia)
Eriberto Leão (Caio)
Christiane Torloni (Lyla Van)
Nuno Leal Maia (Rafic)
Carmo Della Vechia (Raudério)
Oscar Magrini (Alberto Veiga)
Júlia Lemmertz (Lídia)
Imara Reis (Teresinha)
Matilde Mastrangi (Iracema)
Maira Chasseroux (Patrícia)
John Herbert (Apresentador de TV)
Cacá Rosset (Castilhos)
Francarlos Reis (Pepito)

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Que dia!


A quarta-feira foi de correria. Fechamento de edição, calor, vento norte. Enfim a bruxa estava solta. No final da tarde um acidente grave em uma obra deixou três operários feridos (desabou uma laje em cima deles). O caos foi grande, uma multidão de curiosos cercou o local. Mas ainda bem que os quatro homens foram resgatados com eficiência pelos Bombeiros e não correm risco de vida.
Quase no mesmo instante a Carol, minha colega e reporter policial corria para cobrir um atentado de homício. Um rapaz deu três tiros na namorada.
A redação tava em polvorosa, e não havia mais concentração para mais nada.
Após calmar o tumulto, eu e o Delano, nosso editor, voltamos para montar a capa e contracapa do Serra. E como sempre acontece em jornal, a edição foi fechada com sucesso.

Já tava esquecendo de outros detalhes: Meu colega Tomaz, da editoria de esporte, não parava de espirrar (alergia a pólem das flores); A Andy, da editoria comercial, estava desesperada por causa do computador infectado com vírus e a Priscila, nossa diagramadora estava alucinada com tantas matérias para colocar nas páginas e a falta de espaço.

É gente, a coisa foi punk, como diria a Pri!!

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Cabelo, cabeleira...



Nós mulheres somos fascinadas por cabelos. Gastamos em cortes, tinturas, técnicas e produtos. E o pior, nunca estamos satisfeitas. Pior é quando aparece aquelas modelos e atrizes com aqueles cabelos brilhantes. Ficamos imaginando que tipo de tratamento é feito. Mas uma certeza temos: não é tão simples assim e muito menos baratinho.
Estava lendo sobre o tratamento que algunas atrizes fazem e resolvi contar para vocês: Mas prepare-se, pois para ter uma cabeleira impecável, sedosa e brilhosa como as das famosas requer alta freqüência ao salão e um investimento razoável
Surpreendendo em "A Favorita" com um cabelo liso de dar inveja a orientais, Taís Araújo aderiu à técnica do entrelaçamento., O cabelo da atriz é trançado a fios postiços - mas humanos. O método não usa cola como o megahair, e não maltrata os fios. "O cabelo dela está maravilhoso", diz Joceli Santos, referindo-se aos fios naturais da atriz. A cabeleireira fez o entrelaçamento e, a cada dois meses, faz a manutenção: A mão-de-obra de Joceli custa R$ 600; já o cabelo a ser aplicado sai por R$ 700, para ficar no mesmo comprimento que Taís usa.
Thiago Parente, o cabeleireiro que cuida do visual da atriz e ainda de Preta Gil, Paola Oliveira e Tammy Di Calafiori, entre outras, explica que um bom megahair exige um bom cabelo, com textura e cor parecidas com as da cliente.
Só a colocação do megahair custa de R$ 1.200 a R$ 2.000 - e exige retoques a cada dois ou três meses. Já o cabelo não sai por menos de R$ 700, se for importado. Os fios de Juliana Paes, por exemplo, custaram R$ 1.500.

"Não é para qualquer um, infelizmente", reconhece Flávio Priscott, responsável pelas transformações visuais de atrizes como Deborah Secco e Alinne Moraes. É sob seus cuidados que muitas às vezes viram a noite em busca de um visual perfeito.

É gente não é fácil ter aqueles cabelos, mas cá pra nós, tem uns truquinhos básicos que nos ajudam bastante. Logo vou descobrir umas receitas legais e postar para vocês.

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Prostituição







Tirei as fotos respeitando o pedido delas: não expor o rosto. Mostrei a elas o resultado, nessa hora pareciam crianças diante de um brinquedo. Esqueceram até da triste realidade da prostituição.



Na edição da última sexta-feira, 29, do SerraNossa saiu a reportagem sobre prostituição. Essa matéria estava guardada da minha cabeça já fazia um bom tempo. Mas faltava coragem para colocar em prática meus planos.
Afinal eu teria que conversar com as mulheres na estrada. Mas numa certa tarde pedi uma carona ao meu colega Kadi e lá fomos nos para a rodovia, na saida de Bento Gonçalves. Não foi difícil de encontrá-las, e olha que fomos bem cedo. Não eram nem 14h. De início não foi tão fácil. Encontramos um travesti e depois uma moça que disse estar esperando o marido na parada de ônibus (mas tava na cara que era uma profissional do sexo).
O sol estava quente, seguimos em frente a procura das mulheres. Até que numa determinada parada, bem numa curva encontramos três moças. Desci do carro e abordei as garotas de uma forma bem sincera e objetiva. O resultado foi uma conversa franca e sem rodeios sobre as dificuldades e perigos que elas enfrentam na estrada. Tristeza, medo, decepções, necessidade foram algumas das palavras usadas por Veronica, Mônica e Tenia (nomes fictícios). Elas começaram a se prostituir muito cedo (14, 15 e 12 anos). Mônica, de 28 anos contou que tem três filhos e está grávida de sete meses. Veronica já foi agredida por cliente e não pode ter filhos (tinha que ver como ela é bonita) e Tenia, de 35 anos era mais sorridente, mas não escondia a tristeza de estar na prostituição desde os 12 anos.
Foi uma experiência incrivel, fiquei amiga das garotas e aprendi algumas lições.
A reportagem deu um resultado excelente. Recebi telefonemas de curiosos, visita da Coordenadora do Centro de Proteção a Mulher. Enfim valeu a pena!
Mas a realidade dessas mulheres é muito triste. Em outras paradas, na mesma estrada existem outros grupos, onde é claro o uso de drogas.