Hora Certa

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

"Se eu mudar, o mundo muda!"





"Se eu mudar, o mundo muda!": essa é a frase que Júlio Martins gravou no braço na última quarta-feira, dia 24 de dezembro.
A frase é linda e ele talvez devesse colocar também, "Eu mudei a vida de algumas pessoas com minha generosidade". Talvez fique grande, mas essa é numa realidade. O Júlio, meu amor querido, minha alma gêmea tem essa capacidade. Mudar, incentivar, fazer acreditar... retirar do caminho obstáculos que atrapalham, ensinar, dar uma uma direção. Ele nunca caminha sozinho, ele sabe tirar das pessoas o melhor. Trabalha em equipe. Costumo dizer sempre a ele. "Tu é uma joía rara. Poucos possuem a grandeza e a generosidade profissional e afetiva". Ele apenas ri. E nessa hora tenho a certeza de estar perto de alguém muito especial. Talvez uma anjo...
Ele tem muitos defeitos, é chato as vezes, resmunga, reclama... mas é de um jeito muito especial. De quem quer sempre o melhor.
Mudar Júlio! Eu mudei quando te conheci. Eu tinha a capacidade única de esconder todos os meus sentimentos. E ele simplesmente arrancou tudo o que eu queria mostrar. Minhas crônicas, meu amor pelo jornalismo e a fotografia. Que o ser humano ainda é bonito. Que vale a pena sorrir e rir de todas as situações. Despertou a coragem de encarar sem receio oito anos a frente de um jornal. Casamos, lutamos, aprendemos, amamos...Fechamos nossa empresa, nossa conquista profissional e no mesmo dia, abraçados e sorrind0... chorando por dentro assistimos "Sociedade dos Poetas Mortos". Nos recuperamos e saimos de nossa cidade quando estavamos na melhor fase profissional. Hoje estamos em Bento Gonçalves felizes e realizados e todos os dias ele me ensina e surpreende.
No mesmo dia dessa tattoo, depois que chegamos da rua, ele me surpreendeu de tal forma que a única coisa que eu poderia fazer era chorar de emoção. Não vou contar o que é, vou deixar que ele faça isso. Mas posso dizer que quando pessoas como ele fazem esse tipo de coisa é por que é muito forte.
Então meu caro Júlio Martins, meu mundo mudou por que tu conseguiu pular o muro que construí em torno de minha vida.
"Se eu mudar, o mundo muda!"... que bom...

Nenhum comentário: