Hora Certa

quinta-feira, 26 de março de 2009

Por trás da fantasia de um inocente coelhinho



A campainha tocou, a porta foi aberta e a surpresa: entrou em seguida, saltitando pela redação, um coelho marrom com machas brancas e grandes olhos azuis. Não é preciso dizer que os tranquilos repórteres antes concentrados no trabalho, voltaram em poucos minutos a serem crianças. A desenvoltura do coelho era impressionante o que gerou uma série de brincadeiras.
Mas afinal quem estava por trás do lindo coelhinho marrom que veio de Nova Petrópolis divulgar um de seus eventos mais tradicionais “A Mágia da Páscoa”, um fabuloso Labirinto de Chocolate, que será aberto hoje, sexta-feira.
Ator, atriz? Jovem, velho? Uma coisa era certa: por trás daquela roupa fofa e peluda estava um artista apaixonado pela interpretação.
Depois de muitas corridas (o coelho já estava divertindo as crianças de uma escolhinha ao lado da sede do jornal) ele gentilmente tirou a fantasia. Surgiu então uma linda menina, de cabelos longos e loiros, olhos alegres e azuis e um sorriso contagiante. De delicada estatura, mais parecia uma adolescente. Mas bastou poucos minutos de conversa para perceber que ali estava uma moça decidida e apaixonada pelo teatro.
Seu nome é Madhava Menegozzo, tem 18 anos e desde muito cedo se dedica a arte. “Não importa qual personagem estamos interpretando, importa sim é a forma como o fazemos, com amor e dedicação, afinal arte é envolver e emocionar”, disse a garota de nome indiano com um significado todo especial. “Madhava significa ‘a docura do mel e o perfume das flores’, em indiano”, explicou.
Madhava faz parte do grupo de teatro “Los Cucarachos”, de Nova Petrópolis. Entre os trabalhos que mais gostou está uma adaptação do clássico “Romeu e Julieta”. Pretendemos fazer uma reestreia em maio. A peça é marcada por movimentos e cores”, conta.
Criar, mexer, inventar, descobrir: são alguns das características mais marcantes da garota que também adora cantar (fez parte do Coral “Meninas Cantoras de Nova Petrópolis” 6 anos) e sonha um dia entrar para o cinema para a parte de audiovisual.
A filha única do cantor Adriano Menegozzo e da dona-de- casa Rosane é uma daquelas pessoas que nasce para brilhar, seja na pele de um inocente coelhinho da páscoa, seja como uma corajosa Julieta ou quem sabe no futuro, como um grande nome do cinema.

Um Labirinto de Chocolate
Hoje, sexta-feira, dia 3, começa um dos eventos mais tradicionais de Nova Petrópolis. A “Magia da Páscoa – O Fabuloso Labirinto de Chocolate”. Serão momentos de aventura e descobrimento de uma maneira interativa, com forte apelo visual e lúdico. O mundo mágico contará com encantadores de sonho, fadas, guardiões do labirinto e seres fantásticos prontos a interagir com os visitantes e surpreendê-los no percurso até o centro do labirinto. A programação será de 3 a 12 de abril de segunda a quinta das 10h às 18h. Sextas, sábados e domingos das 10h às 20h.

Quando se trabalha com paixão, o resultado aparece


O escritor e publicitário bento-gonçalvense, Tiago Ferrari está cheio de motivos para comemorar: seus trabalhos receberam prêmios.
Tiago já havia sido premiado no Salão de Propaganda do Rio Grande do Sul, mas desta vez é em nível nacional. O prêmio Voto Popular da revista About premia as melhores propagandas do país em diversas mídias. A votação foi no dia 7 de março, em São Paulo.
E não foi um trabalho, mas três (propagandas de rádio). Feliz, ele destaca que basicamente duas coisas são fundamentais para a criação: “informação e esforço. Para criar é preciso conhecer muitas coisas para poder ligar umas às outras, tendo ideias”, explica.
Hoje, Tiago é um dos profissionais mais respeitados na área da propaganda. A empresa onde trabalha, em Porto Alegre, é uma das mais conceituadas do estado.
Mas, o caminho percorrido para acertar e atrair o consumidor e cliente é árduo. “Com o tempo se descobre alguns atalhos, mas é preciso ter muitas, muitas ideias para chegar às melhores. É um processo desgastante, mas que, ao final, sempre recompensa”, pondera e resume “por isso, tem que ser apaixonado por propaganda”.

Os trabalhos
- Ouro para o spot Guerra.
- Prata com o spot O lugar dos homens.
- Bronze com o jingle Panela de Pressão.

Amor pelos animais transformado em arte





Na janela do apartamento da artista plástica Mary Petard, um cristal balançava espalhando luzes e cores por todos os cantos. “São as cores do arco-íris”, disse ela. Nesse ambiente cheio de energia positiva que começou nossa conversa. Um aviso: a estrela maior dessa entrevista ainda não estava presente.
O universo da criação sempre fez parte da vida de Mary. Como designer de móveis, coloca sua criatividade e talento em ação, fazendo uso da praticidade. A vontade de criar usando a sensibilidade da alma veio no ano passado quando passou a fazer um curso de pintura em telas. “É diferente, o processo envolve o que há de mais intenso em nossa alma”, disse. E qual seria sua grande paixão, aquilo que ela gostaria de transformar em arte? Basta olhar seu primeiro trabalho: uma pintura de um cão.
Mary é um admiradora dos animais. “Eles nos ensinam todos os dias, são seres divinos”, reflete. Foi assim que a designer de móveis se transformou também em uma das primeiras artistas plásticas voltadas para a pintura artística de animais de estimação. O cãozinho da primeira tela é Milu, sua mascote há 13 anos.
“Nos Estados Unidos existem muitos artistas que se voltam para a arte de pintar animais, mas no Brasil são muito poucos”, observou. O trabalho de Mary impressiona pela capacidade única de retratar com exatidão a expressão do animal. “Amo muito esses seres, entendo seus olhares e procuro deixá-los o mais real possível”, conta.
Nessa altura da entrevista, a estrela maior chegou. Milu é um cãozinho esperto e carinhoso com Mary. Posou para a foto ao lado da tela colocada em destaque na sala.
A artista resumiu seu trabalho com uma frase de Pitágoras: “Os animais dividem conosco o privilégio de ter uma alma”.

As telas
O trabalho de Mary chama-se “ Mary Pet.Art” – Pintura artística de seu animal de estimação. Ela usa a arte pastel que colabora para uma pintura expressiva e real. Tudo começa com uma foto do animal. “Levo mais ou menos 15 dias para concluir uma tela, depende muito da complexidade”, diz. Os pedidos estão chegando em grande número, pois muitas pessoas querem ter como obra de arte, seu pet.

Para conhecer o trabalho da artista plástica: marypetart.blogspot.com ou entre em contato pelo telefone (54) 9969 2824 / email: pet.art@terra.com.br

segunda-feira, 23 de março de 2009

O signo dos animais


A Pink é de Áries, e a Bety Boop, de Sagitário. As duas são muito diferentes, enquanto a Pink é teimosa e temperamental, a Boop é um doce e muito carinhosa. As duas juntas são simplesmente perfeitas.

Aprender a lidar com nossos animais de estimação e entender o comportamento deles não é uma tarefa lá muito fácil. Eles podem ser inquietos, tranquilos ou carinhosos. O fato é que cada bichinho age de uma maneira e esse temperamento tem ligação com sua data de nascimento. Isso mesmo! A Astrologia também influencia os animais.

Descubra o signo do seu animal de estimação, aprenda a entendê-lo e saiba suas necessidades.

Áries (21 de março a 20 de abril)
O que não falta para os bichinhos arianos é energia. Eles são incansáveis e adoram brincar o tempo todo. Também são carinhosos, temperamentais e precisam chamar atenção, apesar de ficarem envergonhados se os donos brigarem com eles. A grande dificuldade em lidar com esses pets é fazer com que eles lhe obedeça.

Touro (21 de abril a 20 de maio)
Os pets de Touro são quietos e passivos. Pode-se dizer que são fáceis de treinar, mas também, que não desistem de uma briga se forem provocados. No momento em que conhecem uma nova pessoa ou um novo animal são cautelosos, mas quando ganham confiança, revelam-se grandes amigos e seguidores. Adoram dormir, comer e não são muito brincalhões. Por serem possessivos, defendem a comida e os brinquedos a todo custo.

Gêmeos (21 de maio a 20 de junho)
Os mais amigáveis e curiosos que existem! Os pets geminianos são rápidos e pode ser bem treinados. Eles fazem muito barulho e não suportam ficar sozinhos. Um cuidado que se deve ter com os bichinhos desse signo é com as portas, que devem estar sempre fechadas. Qualquer descuido, o animal pode fugir, pois eles adoram investigar novos lugares.

Câncer (21 de junho a 22 de julho)
Os bichinhos de Câncer são sensíveis e não gostam de ficar sozinhos. Nada de criá-los em ambientes barulhentos e educá-los com gritos. Eles precisam de um ambiente tranqüilo e de receber muito carinho. Confiam muito em seu dono e não gostam de compartilhar o lar, a atenção e os brinquedos com outro animal.

Leão (23 de julho a 22 de agosto)
Eles adoram passear e se sentem os donos da casa. Os pets leoninos são tão folgados, que perturbam os donos para que façam o que eles querem. Gostam de se sentir líderes, por isso, cuidado para não ser dominado por esses bichinhos. Por serem brincalhões, são ótimas companhias para as crianças.

Virgem (23 de agosto a 22 de setembro)
Parece que os bichinhos de Virgem conseguem saber quando o dono está feliz ou triste. São tímidos e gostam de ficar sozinhos, pois conseguem brincar com eles mesmos. Não se contentam com qualquer comida e não são de demonstrar afeto e nem sair abanando o rabo quando o dono chega em casa.

Libra (23 de setembro a 22 de outubro)
Os pets de Libra são calmos e dedicam carinho e atenção a todas as pessoas da casa. Raramente ele vai eleger um dono, como os animais costumam fazer. Gostam de lugares tranquilos e adoram comer bem. Por serem preguiçosos, é bom que os donos os estimulem a fazer exercícios.

Escorpião (23 de outubro e 21 de novembro)
Lealdade é a melhor palavra para caracterizar os pets escorpianos. Se esses bichinhos forem criados com bondade, terão um ótimo temperamento. Mas, se viverem em um ambiente conturbado e com maus tratos, serão bravos. Eles adoram intimidar as pessoas e reagem de maneira feroz se forem confrontados.

Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro)
Sempre divertidos, os bichinhos de Sagitário adoram agradar os donos. Não gostam de viver presos! Já que precisam de liberdade, o ideal é mantê-lo em um espaço amplo ou levá-lo sempre para passear. São amorosos, de fácil aprendizado e têm muita energia.

Capricórnio (22 de dezembro a 20 de janeiro)
Os pets capricornianos serão eternos filhotes. São brincalhões, bem-humorados e gostam que tudo seja feito da maneira deles. Na hora de educá-los é preciso ter paciência, já que seu aprendizado é um pouco lento.

Aquário (21 de janeiro a 19 de fevereiro)
Os bichinhos de Aquário são engraçados, gentis e adoram fazer barulho. Como não gostam de obedecer a ordens, treiná-los sempre é uma tarefa difícil. Não são muito carinhosos e preferem uma vida independente. A curiosidade desses pets é tão grande, que vivem colocando o focinho em todos os lugares.

Peixes (20 de fevereiro a 20 de março)
Gentis, amorosos e pacíficos, os pets de Peixes estarão sempre ao lado do dono quando este estiver triste. Eles são muito sensíveis e sabem perceber se a pessoa está triste ou zangada. Por isso, é importante saber passar as emoções certas para esses bichinhos para que eles não fiquem deprimidos.
(Fonte: Zastros)

domingo, 22 de março de 2009

Da janela de minha cozinha



Moro no centro de Bento Gonçalves, uma cidade de mais de 100 mil habitantes, que cresce a cada dia. Minha casa fica cercada por prédios muito altos. Mas, sou privilegiada! O motivo é muito simples: vivo cercada pela natureza. A casa fica numa rua quieta, escondidinha. Aqui os pássaros vivem tranquilos. Me sinto em paz quando ouço eles cantando. O coração aquieta e só me resta agradecer todos os dias por eles estarem por perto. É bom!

quinta-feira, 19 de março de 2009

Arnaldo Jabor - Gostem ou não, o texto é imperdível!


- Brasileiro é um povo solidário. Mentira. Brasileiro é babaca.
Eleger para o cargo mais importante do Estado um sujeito que não tem escolaridade e preparo nem para ser gari, só porque tem uma história de vida sofrida;
Pagar 40% de sua renda em tributos e ainda dar esmola para pobre na rua ao invés de cobrar do governo uma solução para pobreza;
Aceitar que ONG's de direitos humanos fiquem dando pitaco na forma como tratamos nossa criminalidade. ..
Não protestar cada vez que o governo compra colchões para presidiários que queimaram os deles de propósito, não é coisa de gente solidária.
É coisa de gente otária.
- Brasileiro é um povo alegre. Mentira. Brasileiro é bobalhão.

Fazer piadinha com as imundices que acompanhamos todo dia é o mesmo que tomar bofetada na cara e dar risada.
Depois de um massacre que durou quatro dias em São Paulo , ouvir o José Simão fazer piadinha a respeito e achar graça, é o mesmo que contar piada no enterro do pai.
Brasileiro tem um sério problema.
Quando surge um escândalo, ao invés de protestar e tomar providências como cidadão, ri feito bobo.

- Brasileiro é um povo trabalhador. Mentira.

Brasileiro é vagabundo por excelência.
O brasileiro tenta se enganar, fingindo que os políticos que ocupam cargos públicos no país, surgiram de Marte e pousaram em seus cargos, quando na verdade, são oriundos do povo.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado ao ver um deputado receber 20 mil por mês, para trabalhar 3 dias e coçar o saco o resto da semana, também sente inveja e sabe lá no fundo que se estivesse no lugar dele faria o mesmo.
Um povo que se conforma em receber uma esmola do governo de 90 reais mensais para não fazer nada e não aproveita isso para alavancar sua vida (realidade da brutal maioria dos beneficiários do bolsa família) não pode ser adjetivado de outra coisa que não de vagabundo.
- Brasileiro é um povo honesto. Mentira.

Já foi; hoje é uma qualidade em baixa.
Se você oferecer 50 Euros a um policial europeu para ele não te autuar, provavelmente irá preso.
Não por medo de ser pego, mas porque ele sabe ser errado aceitar propinas.
O brasileiro, ao mesmo tempo em que fica indignado com o mensalão, pensa intimamente o que faria se arrumasse uma boquinha dessas, quando na realidade isso sequer deveria passar por sua cabeça.


- 90% de quem vive na favela é gente honesta e trabalhadora. Mentira.

Já foi.
Historicamente, as favelas se iniciaram nos morros cariocas quando os negros e mulatos retornando da
Guerra do Paraguai ali se instalaram.
Naquela época quem morava lá era gente honesta, que não tinha outra alternativa e não concordava com o crime.
Hoje a realidade é diferente.
Muito pai de família sonha que o filho seja aceito como 'aviãozinho' do tráfico para ganhar uma grana legal.
Se a maioria da favela fosse honesta, já teriam existido condições de se tocar os bandidos de lá para fora, porque podem matar 2 ou 3 mas não milhares de pessoas.
Além disso, cooperariam com a polícia na identificação de criminosos, inibindo-os de montar suas bases de operação nas favelas.

- O Brasil é um pais democrático. Mentira.

Num país democrático a vontade da maioria é Lei.
A maioria do povo acha que bandido bom é bandido morto, mas sucumbe a uma minoria barulhenta que se apressa em dizer que um bandido que foi morto numa troca de tiros, foi executado friamente.
Num país onde todos têm direitos mas ninguém tem obrigações, não existe democracia e sim, anarquia.
Num país em que a maioria sucumbe bovinamente ante uma minoria barulhenta, não existe democracia, mas um simulacro hipócrita.
Se tirarmos o pano do politicamente correto, veremos que vivemos numa sociedade feudal: um rei que detém o poder central (presidente e suas MPs), seguido de duques, condes, arquiduques e senhores feudais (ministros, senadores, deputados, prefeitos, vereadores).
Todos sustentados pelo povo que paga tributos que têm como único fim, o pagamento dos privilégios do poder. E ainda somos obrigados a votar.

Democracia isso? Pense !

O famoso jeitinho brasileiro.
Na minha opinião, um dos maiores responsáveis pelo caos que se tornou a política brasileira.
Brasileiro se acha malandro, muito esperto.
Faz um 'gato' puxando a TV a cabo do vizinho e acha que está botando pra quebrar.
No outro dia o caixa da padaria erra no troco e devolve 6 reais a mais, caramba, silenciosamente ele sai de lá com a felicidade de ter ganhado na loto... malandrões, esquecem que pagam a maior taxa de juros do planeta e o retorno é zero. Zero saúde, zero emprego, zero educação, mas e daí?
Afinal somos penta campeões do mundo né?? ?
Grande coisa...

O Brasil é o país do futuro. Caramba , meu avô dizia isso em 1950. Muitas vezes cheguei a imaginar em como seria a indignação e revolta dos meus avôs se ainda estivessem vivos.
Dessa vergonha eles se safaram...
Brasil, o país do futuro !?
Hoje o futuro chegou e tivemos uma das piores taxas de crescimento do mundo.

Deus é brasileiro.
Puxa, essa eu não vou nem comentar...

O que me deixa mais triste e inconformado é ver todos os dias nos jornais a manchete da vitória do governo mais sujo já visto em toda a história brasileira.
Para finalizar tiro minha conclusão:


O brasileiro merece! Como diz o ditado popular, é igual mulher de malandro, gosta de apanhar. Se você não é como o exemplo de brasileiro citado nesse e-mail, meus sentimentos amigo, continue fazendo sua parte, e que um dia pessoas de bem assumam o controle do país novamente.
Aí sim, teremos todas as chances de ser a maior potência do planeta.
Afinal aqui não tem terremoto, tsunami nem furacão.
Temos petróleo, álcool, bio-diesel, e sem dúvida nenhuma o mais importante: Água doce!

Só falta boa vontade, será que é tão difícil assim?


Arnaldo Jabor

terça-feira, 17 de março de 2009

Frases marcantes de Clodovil


Clodovil Hernandes, na época estilista, em uma capa de revista "Cruzeiro" de 1971

"Eu entrei [na política] mais para ser garoto propaganda da Câmara do que qualquer outra coisa. Porque não tenho feito nada. Eu vim aqui para trabalhar e não para brincar."

Na Folha, em 2007

"Eu sou do tipo de homem que gosta verdadeiramente de mulher porque eu nunca enfrentei uma mulher."

Na Folha, em 2007

"Da fruta que eu gosto, o Leonardo DiCaprio gosta até do caroço. Sei disso porque boi preto conhece boi preto."

Na revista "Veja", em 2007, sobre a sexualidade do ator Leonardo DiCaprio

"Digo aos senhores que a única coisa de que tenho medo --já me fizeram muito medo aqui, como estrangeiro que sou nesta Casa-- é da expressão 'decoro parlamentar'. Eu não sei o que é decoro, com um barulho destes enquanto um deputado fala. Eu não sei o que é decoro, porque aqui parece um mercado! Nós representamos o país! Não entendo por que há tanto barulho enquanto um orador está falando. Nem na televisão, que é popular, fazem isso."

Primeiro discurso na Câmara dos Deputados, em 2007

"Será que precisamos de gravata ou de seriedade?"

Na Folha, em 2007

Direita ou esquerda? "Erecto"

"É claro que vou precisar de apoio, porque sozinho a gente não consegue nem se masturbar --tem de pensar em alguém."

Na Folha, em 2006

"Você conhece alguém com 70 anos que tenha essas pernas?"

No Guia da Folha, em 2006

"Estava desempregado e não tenho cara de pobre; não conseguiria nem inventar uma. Precisava fazer alguma coisa. Acordei num domingo de manhã, depois de operado de câncer de próstata, e resolvi escrever um espetáculo. Você sabe, o segredo da cura é o bom humor."

No Guia da Folha, em 2006

"Se o Collor tinha aquilo roxo, o meu é cor de rosa-choque."

No site G1, em 2006

"As donas-de-casa me adoram porque sabem que eu vim de baixo. Vivi a história da Cinderela. E pobre gosta mesmo é de luxo."

Clodovil faleceu a pouco


Aos 71 anos, o deputado Clodovil Hernandes (PR-SP)faleceu vítima de um acidente vascular cerebral (AVC). Sua morte foi constada a pouco, em São Paulo. Clodovil foi uma das figuras mais populares que se teve notícia. Estilista, apresentador e assumidamente homossexual foi responsável por uma revolução de costumes. Sem papas na língua, provocou, foi provocado e era amada e odiado na mesma proporção. Foi e continuará sendo uma das pessoas mais imitadas por humoristas das mais diversas gerações.
Os médicos disseram que a córnea, a íris, o fígado e o coração do deputado devem ser retirados para doação. Segundo os médicos, a autorização para a retirada foi dada por assessores e pelo Ministério Público, uma vez que ele não tem parentes próximos com os quais mantinha contato.
O corpo do parlamentar será levado às 22h do hospital Santa Lúcia para ser velado no Salão Negro da Câmara, por pelo menos duas horas. Depois, o corpo será levado para São Paulo, onde deve ser velado na Assembléia Legislativa.

Entenda o que é um AVC
Um acidente vascular cerebral, também chamado de "derrame cerebral", acontece quando há algo errado na rede do sistema circulatório que irriga o cérebro. O tipo mais comum é o AVC isquêmico, em que há um entupimento de vasos sanguíneos e a interrupção do fluxo de sangue, prejudicando as células cerebrais. O mais raro, que acaba de acometer Clodovil, é o AVC hemorrágico. Nessas circunstâncias, em vez do entupimento de vasos, o que ocorre é o rompimento. O sangue "vaza" dentro do cérebro e provoca um coágulo, e é esse coágulo que pode matar células cerebrais e deixar sequelas graves.

O casamento de Maya e Raj




Essa é para quem gosta de “Caminho das Índias”
Um dos momentos mais esperados da novela terá início nesta semana: o casamento de Maya e Raj. A cidade cenográfica do Projac ficou divina, virou a Índia perfeita! Os casamentos na Índia são grandes eventos e duram até sete dias.
Para dar início ao cortejo, o noivo Raj (Rodrigo Lombardi) sai de casa e quem o segue é Ravi(Caio Blat), quem assume o posto de vice-noivo. Na Índia, o irmão mais novo, próximo a casar deve ajudar na cerimônia e ser a sombra do noivo.
Nesse dia, o noivo deve sentir orgulho das mulheres de sua família, por isso, a irmã, a cunhada e a mãe do noivo capricharam no visual. Chanti (Carolina Oliveira), Surya (Cléo Pires) e Indira (Eliane Giardini) estão vestindo roupas trabalhadíssimas e cheias de joias.
Após a cerimônia, Raj (Rodrigo Lombardi) e Maya (Juliana Paes) saem da cerimônia e juntos, em um carro decorado, fazem o cortejo pelas ruas e depois chegam até a casa do noivo.

É só trazer a pipoca


Para quem gosta de cinema a oportunidade de assistir bons filmes de forma gratuita chegou novamente a Bento Gonçalves. A Arte Sesc – Cultura por toda parte”, através do projeto Cine Sesc abriu a temporada de filmes nacionais e internacionais. A prioridade é a produção nacional, mas existe a abordagem temática internacional com filmes europeus, asiáticos, latino-americanos e africanos, além do cinema de animação e clássicos.

A estreia dos filmes, que são exibidos no Auditório do Sesc, foi com o drama “A Queda”, que narra os últimos dias de Adolf Hitler confinado em um quarto de segurança máxima. Traudl Jungue, que trabalhava como secretária do líder alemão é quem conta tudo que aconteceu durante a 2 guerra mundial. O filme terá nova exibição no dia 3 de abril.
As escolas costumam levar turmas de alunos para assistir os filmes. Para isso é preciso fazer um agendamento prévio. Pessoas da comunidade também podem e devem comparecer às exibições. Os filmes são muito bem escolhidos para que possa passar informações e conhecimentos aos expectadores. Geralmente, após assistir, os professores fazem trabalhos escolares com os alunos.
As animações são as preferidas das crianças, mas tem muito adulto que também vai assistir. “Os Brichos”, foi o primeiro desenho exibido no inicio dessa temporada. O filme acompanha as aventuras de um trio de animais adolescentes (um jaguar, um quati e um tamanduá) num universo formado pela fauna brasileira, convivendo de forma harmoniosa numa cidade semelhante à dos humanos, a Vila dos Brichos.No dia 7 de abril terá nova exibição.
Bom, a única coisa que precisa para assistir os filmes é disposição, levar a tradicional pipoca, balas ou doces. E estar atento a agenda, dias e horários. Mais informações pelo telefone 3452 6103.

Filmes que serão exibidos em Março/Abril
- “Meu Brasil” (documentário): dias 26 de março e 28 de abril às 19h30min
- “Assédio” (drama): dias 24 de março e 21 de abril às 19h30min
- “Amores Brutos” (drama): dias 19 de março e 17 de abril às 19h30min
- “Brichos” (animação): dia 7 de abril às 9h30min e 15h30min
- “A Queda” (drama): dia 3 de abril às 19h30min
- “As Aventuras de Azur e Asnar (animação): dias 25 de março e 24 de abril às 19h30min
- “Kiriku e a feiticeira” (animação): dias 23 de março e 27 de abril às 15h

* Os filmes são exibidos no Auditório do Sesc que fica Rua Cândido Costa, 88 – Centro da cidade

domingo, 15 de março de 2009

Não é só beija-flor que gosta.



Numa manhã estava observando as “casinhas” dos beija-flores que o Flain e a Ana , meus vizinhos, colocaram na varanda. Na verdade são reservatórios de num líquido especial doce que os pequeninos adoram. E volta e meia eles estão lá tomando a água doce. Mas, numa dessas observações percebi que não são só os beija-flores que gostam do líquido. Olha só o pequeno passarinho! Parece que o Flain vai ter que reforçar as compras.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Você quer ser ator/atriz?


Buscamos ATORES e ATRIZES
de 18 a 27 anos
para montagem de espetáculo teatral profissional

Local: CENTRO INTEGRADO DE ARTES CÊNICAS
Em frente à Via Del Vino - Bento Gonçalves

Data: 18 de março a partir das 14:00h

Inscreva-se pelos telefones: 9996-3541 (Moacir)
9174-2274 (Isabel)

Ou pelos e-mails: isabel.azevedo07@gmail.com
moacirdanca@gmail.com

quinta-feira, 12 de março de 2009

24ª Feira do Livro: sensibilidade à flor da pele



Sensibilidade e emoção: parece que serão esses os sentimentos que darão a tônica da 24ª edição da Feira Municipal do Livro de Bento Gonçalves. Um dos motivos foi a escolha do patrono, aliás da patrona – Pela primeira vez em 24 edições, a Feira terá uma mulher como patrona. Seu nome é Maria Eunice Barbieri, ou simplesmente Marô Barbieri.
O convite partiu do coordenador da Biblioteca Pública Castro Alves, Pedro Júnior da Fontoura. “Ela chorou quando recebeu a notícia”, disse. Marô tem um trabalho imenso em prol da literatura gaúcha. Natural de Bento Gonçalves, ela reside hoje em Porto Alegre. “Fiquei extremamente emocionada. Primeiro, por ser homenageada em minha cidade natal pela qual tenho grande admiração e carinho”, afirmou completando “e segundo porque - ao ser homenageada - represento todas as mulheres empreendedoras que acreditam em sua força criadora e buscam seus caminhos com coragem e determinação. E que procuram desenvolver projetos que tenham alcance e significação social e cultural”.
A participação da escritora nas feiras anteriores foi sempre marcante. “Ela é uma mulher sensível e apaixonada pelo que faz”, afirmou Eunice Pigozzo, que faz parte de equipe organizadora da Feira do Livro.
Outro ponto destacado pelo coordenador foi a obra de Marô. Voltada para a literatura infantil, seus livros encantam pela sensibilidade e inteligência com que aborda todos os assuntos. “Marô tem uma obra rica, que só traz energia positiva às crianças e adultos”, pondera.
Esses são alguns dos ingredientes que sinalizam para uma Feira do Livro especial. Pedro Júnior assumiu a coordenação da biblioteca a algumas semanas e fez questão de afirmar. “Quando recebi o convite uma das primeiras pessoas que conversei foi com a Eunice Pigozzo, pois acompanho a Feira a muito anos e sei do trabalho competente que sempre foi feito”, salientou. Ele também destacou que vários projetos serão colocados em prática ainda nesse ano, mas agora o foco será a 24ª edição da Feira do Livro. “Sabemos o que estamos fazendo, temos metas e vamos colocar em prática, sempre trabalhando em equipe”, ressaltou.
Descentralização da cultura e valorização dos artistas locais fazem parte das ações a serem implantados por Pedro e equipe da Biblioteca Castro Alves.

O poeta
Sensibilidade: essa é a principal característica do novo coordenador da Biblioteca Castro Alves, Pedro Júnior da Fontoura. Ele é natural de Porto Alegre, radicado em Bento Gonçalves, freqüenta a biblioteca desde menino. Tornou-se um dos mais respeitado artista tradicionalista do estado. Poeta, compositor e músico Pedro tem livros e Cds gravados e mais de 200 troféus ganhos em festivais. Durante a Feira, ele estará lançando seu mais recente livro “Num Ar de Milongas”.

A Patrona Marô Barbieri
A escritora é natural de Bento Gonçalves, reside em Porto Alegre. Sua obra é voltada para a literatura infantil, com 14 livros publicados (alguns deles com edição esgotada). Ela ainda não sabe se dará tempo para lançar o livro que está preparando. “Infelizmente, não sei se o próximo livro estará pronto até maio, mas vou fazer o possível para que possamos lançá-lo na Feira. De todo modo, tenho seis títulos diferentes à disposição dos leitores. Não faltará o que ler”.
Marô ressalta que a Feira do Livro de Bento Gonçalves é seguramente um dos eventos mais importantes da área cultural do Rio Grande do Sul, tanto pela localização e duração quanto pela quantidade e qualidade das ações realizadas em torno da leitura e da literatura. “O espaço da Feira é também um lugar democrático de aproximação e convívio dos escritores, ilustradores, contadores e todo tipo de agentes culturais com a cidade e com seus cidadãos”, justifica. Simpática e emocionada a escritora já deixa um convite. “Aproveito este espaço para , de já, convidar o pessoal de Bento para que compareça e prestigie mais esta Feira do Livro!”.

segunda-feira, 9 de março de 2009

Boneca Barbie é uma senhora de 50 anos


Lembrei da pequena Giulia, que ontem, domingo, dia 8 de março fez 8 aninhos. Ela é apaixonada pela Barbie (o tema da festinha foi Barbie). Pois é garota, a Barbie já é uma senhora de 50 anos, completados nesta segunda-feira. Mas que importa, afinal a magia dessa boneca espetacular nunca irá acabar.

Muitas homenagens e festas ao redor do mundo estão sendo realizadas. Na Austrália, uma boneca de 2,1 m de altura foi coberta de bolo de chocolate e 2 mil cristais Swarovski. O modelo gigante exposto em Sydney foi baseado na edição limitada de 50 anos do brinquedo.
Em Tóquio, no Japão, a Barbie ganhou uma festa com direito a bolo de aniversário. Na Alemanha, o destaque da comemoração ficou por conta da boneca inspirada na figura da primeira-ministra Angela Merkel.
A empresa Mattel já vendeu cerca de um bilhão de bonecas Barbie desde que ela foi apresentada ao mundo, na Feira de Brinquedos de Nova York, em 1959. No entanto, as vendas caíram 21% no final de 2008 por causa da crescente competição com outros brinquedos, como videogames.
A fabricante americana registrou no último ano um lucro líquido 37% menor que o ano anterior e, no quarto trimestre 46% menor que no mesmo período de 2007.

A busca por uma simpatia para emagrecer


Impressionante: assim dá para definir o interesse das pessoas por uma simpatia muito antiga para emagrecer que circula na internet. Alguém publicou no jornal essa simpatia e de lá pra cá inúmeras pessoas ligam pedindo informações. Dizem que é de autoria do Chico Xavier, um dos mais respeitados médiuns do Brasil.
Eu e meus colegas da redação nos limitamos a dizer que não sabemos se dá resultado ou não e passamos para o departamento comercial, pois geralmente querem publicar tal simpatia.
Sempre tive certo respeito por simpatias. Lembro que minha vó sempre falava das simpatias boas e más e que era preciso ter pelo menos respeito. Se funciona, não sei, mas que desperta interesse, isso desperta.

A simpatia
Em um sábado pela manhã coloque em meio copo de água o número de grãos de arroz correspondentes aos quilos que você deseja perder. Não coloque grãos a mais do que você deseja, pois os quilos perdidos não são recuperados. A noite beba a água deixando os grãos de arroz, completando novamente com meio copo de água. Domingo pela manhã em jejum beba a água deixando os grãos de arroz, completando novamente com meio copo de água. Segunda-feira pela manhã em jejum beba a água com os grãos de arroz junto. Mande publicar no mesmo dia.

domingo, 8 de março de 2009

Um encontro de apaixonados por Fuscas

Acabei de chegar do Fusca Fest (Praça Walter Galassi, Centro de Bento Gonçalves), um encontro de Clubes de todo o estado, que reúne apaixonados por Fusca. Fiquei impressionada com a variedade de modelos.
O Fusquinha é uma peça rara mesmo. A dedicação de muitos por ele é emocionante. Não tem como não se contagiar. Os mais apreciados são os modelos antigos e os personalizados. Os rosas eram os que mais chamavam a atenção das meninas.
O encontro é promovido pelo Fusca Clube de Bento Gonçalves.









quarta-feira, 4 de março de 2009

Mais um absurdo

O CASO
Em Bento Gonçalves, na último sábado, dia 28, um homem dirigindo uma Belina com crianças dentro parou em uma sinaleira e “chutou” literalmente um filhote de cachorro para a rua. A cena deprimente foi assistida por algumas pessoas assombradas com tamanha crueldade. Eles disseram que as crianças dentro do carro riam do pobre animalzinho que corria desesperado para se defender dos carros que passavam.
De tão chocadas as pessoas não conseguiram anotar a placa de tal Belina. Elas correram para socorrer o pobre filhote. Ele tinha entrado em um pátio e estava muito assustado. Depois de resgatado foi constatado os maus tratos: Carrapatos, pulgas e o pescoço com ferimentos, causados por certo por alguma “coleira”.
O cãozinho foi adotado imediatamente por uma moça que assistiu a cena triste promovida por seres desprovidos de sentimentos. A APABG deu assistência para que o filhote recebesse o tratamento necessário.

A CONCLUSÃO
Quanto mais eu vivo, mais eu tenho certeza: o ser humano está caindo num abismo de maldade. Que covardia nojenta essa contra um ser tão pequeno e frágil. Que coragem é essa? É feito de que? E o pior, tinha crianças junto que acharam graça do sofrimento do animal. Esses são os futuros monstros de nossa famigerada raça humana.
Tristes, degradantes e infelizes são os seres humanos que machucam seres que só sabem amar.


Essa moça adotou o pequeno cãozinho

terça-feira, 3 de março de 2009

Minhas meninas

Divirtam-se com a Pink e a Bety Boop. O Júlio filmou essas duas sapecas, que simplesmente dominam a casa. Lindas!